MOSAICO DEBATE ALIMENTAÇÃO, NUTRIÇÃO E GASTRONOMIA

Roda de conversa durante o I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local aborda os aspectos antropológicos, sociais e práticos da Alimentação, Nutrição e Gastronomia

por Kayalu Mendonça

Christiane Ayumi Kuwae, nutricionista do IPEARTES/SEDUCE, em fala na Prosa de Cozinha: Alimentação, Nutrição e Gastronomia – Foto: Leon Junqueira

Na programação do I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local desta terça, dia 18 de setembro, tivemos a “Prosa de Cozinha: Alimentação, Nutrição e Gastronomia” com a presença de Christiane Ayumi Kuwae, nutricionista do IPEARTES/SEDUCE, e dos chefs de cozinha Amod Rodrigues, do Quiri Quiri Goumert Burguer, e Nina Gobbi, do Bistrô Galeria Soma Soma.

Com uma abordagem antropológica sobre a Nutrição, Christiane Ayumi Kuwae refletiu como a Alimentação influencia nossas relações sociais e até a afetividade humana, “A comida é um Universo. Alimentamos afetos, saberes, memórias, estéticas, éticas e sonhos a cada garfada”. Para Luiz Henrique Santos, responsável pela curadoria do I MOSAICO PARAÍSO e coordenador do curso de Introdução a Produção Cultural do IPEARTES/SEDUCE, “esse espaço para a reflexão sobre o campo da Alimentação e Nutrição, aproximando-se das ciências humanas e da perspectiva social, promove um diálogo enriquecedor entre o saber técnico e outras formas de conhecimento”.

Nina Gobbi, chefe de cozinha do Bistrô Galeria Soma Soma, em fala na Prosa de Cozinha: Alimentação, Nutrição e Gastronomia – Foto: Leon Junqueira

A chef de cozinha do Bistrô Galeria Soma Soma, Nina Gobbi, compartilhou sua trajetória pessoal e relatou a experiência anterior, como chef e proprietária do Bistrô da Nina, em Alto Paraíso. Amod Rodrigues, chef do Quiri Quiri Goumert Burguer, foi um dos convidados da mesa e enfatizou que seu maior incentivo na Culinária, foi a infância em comunidades alternativas, pois seus pais eram devotos do Osho. A Prosa de Cozinha contou ainda com a presença de diversos empresários do setor e dos alunos do curso de Produção Cultural do IPEARTES/SEDUCE.

Amod Rodrigues, chefe de cozinha do Quiri Quiri Gourmet Burguer, em fala na Prosa de Cozinha: Alimentação, Nutrição e Gastronomia – Foto: Leon Junqueira

Teatro e Performance em foco no quarto dia do I MOSAICO PARAÍSO

A programação do I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local vai até o dia 26 de setembro e nessa noite o Teatro e Perfomance ganham foco, diversos espetáculos serão realizados pela equipe de arte educadores do IPEARTES/SEDUCE.

A abertura acontecerá com a performance “Enterrem o Feminícidio” de Luiz Henrique Santos, seguido do espetáculo “A moça tecelã”, produzidos pela arte educadora Lúcia Correa e a musicista Chrys Pereira e do incrível espetáculo de butô “Caos”, produzido pelo ator João de Lima Neto e o percussionista Lieber Rodrigues. O Butô é uma dança que surgiu no Japão pós-guerra e ganhou o mundo na década de 1970. Criada por Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno, o butô é inspirado nos movimentos de vanguarda: expressionismo, surrealismo, construtivismo, entre outros.

O espetáculo de encerramento é “Quem tem medo de Itália Fausta?”, interpretado por Rafaela Pandora, coordenadora do curso de Teatro oferecido pelo IPEARTES/SEDUCE na ASJOR, Associação de Moradores da Vila de São Jorge. O curso é gratuito, para maiores de 14 anos, e as aulas acontecem as terças e quintas, a partir das 18 horas.

Confira a programação completa do projeto. Divulgue e participe!

SERVIÇO:

I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local

Data: De 16 a 26 de setembro de 2018

Local: Casa de Cultura – Alto Paraíso
Avenida Ary Valadão, S/N (Em frente à Câmara dos Vereadores)

Mais informações: (61) 99643-5990

Facebook: Grupo “CIRCUITO CULTURAL DE ALTO PARAISO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
Contraste