I MOSAICO PARAÍSO RECEBE TEATRO E PERFORMANCE

De 16 a 26 de setembro, o I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local traz diversas produções e linguagens artísticas presentes no Território do Bem Viver, o evento é realizado pelo IPEARTES/SEDUCE na Casa da Cultura  

por Kayalu Mendonça

“Enterrem o Feminicídio”, performance de Luiz Henrique Santos, durante o I MOSAICO PARAÍSO – Foto: Bianca Carvalho

O I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local, tem curadoria de Luiz Henrique Santos, coordenador do curso de Introdução a Produção Cultural do IPEARTES/SEDUCE, mais conhecido na cidade como Saci, e revela artistas e produções culturais locais em diversas áreas. No dia 19 de setembro, o Teatro e Perfomance ganharam destaque na programação. O público, presente em grande número, pode apreciar belos espetáculos realizados pela equipe de arte educadores do IPEARTES/SEDUCE, demonstrando a grande demanda por espetáculos teatrais entre os moradores de Alto Paraíso.

Lúcia Corrêa e Chrys Pereira, arte educadoras do IPEARTES/SEDUCE, em cena do espetáculo “A moça tecelã” durante o I MOSAICO PARAÍSO – Foto: Bianca Carvalho

Na abertura da noite, tivemos “Enterrem o Feminicídio“, performance de Luiz Henrique Santos, inspirada no assassinato de uma amiga muito próxima, há três semanas, causando grande comoção e instigando um debate profundo sobre a violência  e o feminicídio na sociedade contemporânea. Na sequência, utilizando a instalação artística presente na recepção da Casa da Cultura como parte do cenário, o espetáculo “A moça tecelã“, produzido pela arte educadora Lúcia Correa e pela musicista Chrys Pereira, encantou a todos com sua história e melodia.

João de Lima Neto, arte educador do IPEARTES/SEDUCE, em cena do espetáculo “Caos” durante o I MOSAICO PARAÍSO – Foto: Bianca Carvalho

Trazendo o público para o ar livre, tivemos o incrível espetáculo de butô “Caos”, produzido pelo ator João de Lima Neto, e pelo percussionista Lieber Rodrigues. O butô é uma dança que surgiu no Japão pós-guerra, e ganhou o mundo na década de 1970. Criada por Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno, o butô é inspirado nos movimentos de vanguarda: expressionismo, surrealismo, construtivismo, entre outros.

Rafaela Pandora, arte educadora do IPEARTES/SEDUCE, apresenta “Quem tem medo de Itália Fausta”, durante o I MOSAICO PARAÍSO – Foto: Bianca Carvalho

Em seguida, a apresentação de Rafaela Pandora e Victor Manoel Barbosa de parte do espetáculo “Quem tem medo de Itália Fausta?“,  um ícone do humor besteirol no Brasil, encerrou a programação com muita descontração. Rafaela é coordenadora do curso de Teatro oferecido pelo IPEARTES/SEDUCE na ASJOR, Associação de Moradores da Vila de São Jorge. O curso é gratuito, para maiores de 14 anos, e as aulas acontecem às terças e quintas, a partir das 18 horas.

Público interessado no debate sobre “Teatro e Performance”, realizado no dia 19 de setembro, durante a programação do I MOSAICO PARAÍSO – Foto: Bianca Carvalho

I MOSAICO PARAÍSO – “Nas ondas do Rádio”

A programação ocupou todos os espaços da Casa da Cultura ao longo da noite, criando uma dinâmica interessante nessas trocas. Por fim, um debate se estendeu, com grande interesse do público em saber os detalhes da produção de cada espetáculo. O I MOSAICO PARAÍSO entra “Nas ondas do Rádio” nesta quinta-feira, dia 20 de setembro, com a participação das radialistas Karime Abdala, da “Rural FM”, e Carol Rodrigues, da “Paraíso FM”. Na sequência, haverá a exibição do filme “A Era do Rádio“, do diretor Woody Allen.

Curso livre de Introdução a Produção Cultural IPEARTES/SEDUCE

O I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local é a culminância da primeira turma do curso livre de Introdução de Produção Cultural do IPEARTES/SEDUCE. O conteúdo programático aborda a gestão de espaços culturais, planejamento, organização, promoção e divulgação de eventos, além de estágios práticos na área, sendo voltado para maiores de 17 anos. O curso acontece às segundas e quartas, das 19h às 21h, no Centro de Vivências CRESCER. Oferecido pelo IPEARTES/SEDUCE, é totalmente gratuito e as matrículas podem ser realizadas na Avenida Esperanto Qd 09 Lt 07, no bairro Novo Horizonte.

Confira a programação completa do projeto. Divulgue e participe!

SERVIÇO:

I MOSAICO PARAÍSO – Um debate sobre a Produção Cultural local

Data: De 16 a 26 de setembro de 2018

Local: Casa da Cultura – Alto Paraíso
Avenida Ary Valadão, S/N (Em frente à Câmara dos Vereadores)

Mais informações: (61) 99643-5990

Facebook: Grupo “CIRCUITO CULTURAL DE ALTO PARAISO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
Contraste