OLIMPÍADA DE HUMANIDADES PROMOVE AÇÃO EDUCATIVA NO PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS

A Olimpíada de Humanidades promove ação educativa no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e desenvolve projetos nas escolas estaduais dos seis municípios da APA POUSO ALTO

Por Kayalú Mendonça

Representantes do Educandário Humberto de Campos durante atividade da Olimpíada de Humanidades no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no dia 01 de outubro de 2018 – Foto: Sérgio Makari

No dia 01 de outubro, pais, alunos e educadores do Educandário Humberto de Campos, localizado na Cidade da Fraternidade em Alto Paraíso, participaram de uma Ação Educativa da programação da Olimpíada de Humanidades 2018, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, realizada pelo IPEARTES/SEDUCE, Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis.

Representantes do Educandário Humberto de Campos participam de ação educativa da Olimpíada de Humanidades no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no dia 01 de outubro de 2018 – Foto: Sérgio Makari

No ano de 2017 o Centro de Ensino e Pesquisa Ciranda da Arte, vinculado à Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte do Estado de Goiás, promoveu, por meio do IPEARTES, a 1ª Olimpíada de Humanidades e Artes. Os resultados de aprendizagens desenvolvidos pelas escolas estaduais participantes foram muito significativos, e a sua segunda edição passou a ser uma ação fundamental para avançar na integração dessas comunidades escolares umas com as outras, e de todas elas com o ecossistema da APA de Pouso Alto, enquanto desenvolvem saberes relacionados com as ciências humanas e a arte. 

Representantes do Educandário Humberto de Campos participam de ação educativa da Olimpíada de Humanidades no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no dia 01 de outubro de 2018 – Foto: Sérgio Makari

Ao longo do processo, cada escola participante desenvolve um projeto de apresentação, contemplando uma ou mais linguagens artísticas, entre Teatro, Artes Visuais, Dança, Música e Audiovisual. O processo de elaboração é acompanhado e orientado pelos educadores do IPEARTES, por meio de visitas aos grupos de trabalho, oficinas e suporte técnico e pedagógico necessários às ações propostas. De 01 a 09 de outubro foram realizadas ações educativas no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, para promover a integração com a natureza socioambiental, histórico-cultural e artística, com a participação de pais, alunos e professores das escolas envolvidas nos seis municípios da APA POUSO ALTO.

Representantes do Educandário Humberto de Campos participam de ação educativa da Olimpíada de Humanidades no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no dia 01 de outubro de 2018. – Foto: Sérgio Makari

O projeto do EHC: “Reconstruindo origens e memórias em companhia dos elementos da natureza”, busca o registro dos aspectos culturais do assentamento Silvio Rodrigues e seu entorno, através da catira, Folia de Reis e da “Cavalgada Ecológica”, evento realizado no dia 29 de setembro. Sabrina Lira de Moura, aluna do 2º ano do Ensino Médio no EHC, participou da primeira edição da Olimpíada e teve a oportunidade de conhecer o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em 2017. Segundo ela, a experiência foi marcante para a conscientização sobre a importância da preservação do Cerrado e para o desenvolvimento das ações da Cavalgada Ecológica: “Este ano, todos os estudantes estão mais envolvidos, muito mais dedicados ao projeto e em resgatar a identidade do assentamento e da Cidade da Fraternidade. A Cavalgada uniu a comunidade e, apesar do grande esforço nas ultimas semanas para realiza-la, conseguimos envolver a todos, executar o planejado e ficamos muito felizes com os elogios dos visitantes e da equipe do IPEARTES no final do percurso”, afirma.

Representantes do Educandário Humberto de Campos e do IPEARTES/SEDUCE participam de ação educativa da Olimpíada de Humanidades no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no dia 01 de outubro de 2018. – Foto: Sérgio Makari

Clique aqui e acompanhe a nossa cobertura completa de fotos no FLICKR.

Olimpíada de Humanidades 2018 – Água, Terra, Fogo, Ar e Amor: interseccionando os elementos para proteger a APA Pouso Alto

A Olimpíada de Humanidades vincula-se ao compromisso do Governo de Goiás em assumir, dentro da agenda da Organização das Nações Unidas (ONU), os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), sobretudo em seu quarto quesito, que diz respeito à Educação de Qualidade. Dando encaminhamentos nesse sentido, a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte-SEDUCE promoveu a primeira edição da Olimpíada de Humanidades em 2017, articulada ao Instituto Terra e Memória, Conselho Internacional para Filosofia e Ciências Humanas (CIPSH), Ano Internacional do Entendimento Global (AIEG) e UNESCO.

Em sua segunda edição, a Olimpíada de Humanidades 2018 traz o tema: Água, Terra, Fogo, Ar e Amor: interseccionando os elementos para proteger a APA Pouso Alto, criada com objetivo de fomentar o desenvolvimento sustentável e preservar a flora, a fauna, os mananciais, a geologia e o paisagismo da região de Pouso Alto. Localizada na Chapada dos Veadeiros, a APA de Pouso Alto abrange os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Colinas do Sul, São João d’Aliança e Nova Roma e abriga o total de 872.000 hectares.

Acesse aqui o site da Olimpíada de Humanidades e conheça todos os detalhes dessa ação educativa realizada através do IPEARTES, Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis, vinculado a Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, SEDUCE-GO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
Contraste