IPEARTES PROMOVE “CORTEJO GENTILEZA” E CELEBRA AS ATIVIDADES NA ESCOLA MUNICIPAL ZECA DE FARIA

IPEARTES e a Escola Municipal Zeca de Faria promovem o cortejo “GENTILEZA” em Alto Paraíso. O evento reuniu estudantes e educadores para celebrar as atividades desenvolvidas pela parceria ao longo do ano

Por Kayalú Mendonça

Equipe de arte educadores do IPEARTES, professores e alunos da Escola Zeca de Faria realizaram o CORTEJO GENTILEZA, celebração das atividades desenvolvidas em parceria, no dia 07 de dezembro, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

No dia 07 de dezembro, a Escola Municipal Zeca de Faria recebeu os arte educadores do IPEARTES para celebrar as atividades desenvolvidas nessa parceria, ao longo do ano. Os pais, alunos e educadores do Zeca de Faria prestigiaram o evento, que contou com a presença de Luz Marina de Alcantara, diretora do IPEARTES e representante da SEDUCE-GOIÁS, Kátia Rodrigues, coordenadora do IPEARTES, Edina de Moura Sobrinho, diretora da Escola Zeca de Faria, Glellia Santos Ribeiro e Rosimeire Teodoro de Brito, coordenadoras do Zeca, assim como a equipe do IPEARTES que atua regularmente na escola. 

Alunos da Escola Zeca de Faria participaram do Cortejo Gentileza, celebração das atividades desenvolvidas em parceria com o IPEARTES, no dia 07 de dezembro, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

A equipe do IPEARTES realiza atividades de Arte Educação na escola e oferece apoios pedagógico e sócio-emocional, além de colaborar nos eventos e ações desenvolvidas pela escola. Gentileza foi o tema escolhido, considerando a importância de trabalhar o respeito, o combate ao bullying, estimulando a mudança de comportamento dos alunos em diversos aspectos.

CORTEJO GENTILEZA, celebração das atividades desenvolvidas pelo IPEARTES em parceria com a Escola Zeca de Faria, realizado no dia 07 de dezembro, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

Segundo Monique Alves, pedagoga do IPEARTES:

“…os alunos se apropriaram do tema Gentileza, trazendo para o cotidiano a prática de uma comunicação mais afetiva e cordial para com o outro e a si mesmo. A prática educativa através da arte, deu vida ao que podemos dizer que, quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender, como diz a letra da música de Marisa Monte na canção Gentileza: ‘(…)O mundo é uma escola, a vida é um circo’. A arte educação tem esse poder de transformar a sociedade, transcendendo a mera sensibilidade por si só, indo para a sensibilidade estética , fomentando a sensibilidade das relações no cotidiano nos espaços da escola e para além do muro das escolas. E ainda podemos pontuar um fato que foi fundamental para essa perfeita engrenagem, a parceria de toda a equipe da escola Zeca de Faria com a equipe multidisciplinar de arte educadores do IPEARTES.”

Equipe de arte educadores do IPEARTES e da Escola Municipal Zeca de Faria celebram a parceria após o Cortejo Gentileza, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

A equipe de arte educadores do IPEARTES que atua na escola é composta por Adriana Gonzales, na coordenação, Ananda Devi, no acompanhamento socioemocional; Rafaela Fontenele, que desenvolve atividades de Arte-Terapia, Monique Alves, com acompanhamento pedagógico; Paula de Paula, Maria Helena dos Anjos, William Ferreira, Lúcia Corrêa e Xande Mattos oferecem atividades de Arte-Educação, além do apoio nos eventos promovidos pela escola, como mutirões de revitalização, bazares e festividades para a comunidade escolar. A equipe de professores da escola Zeca de Faria que desenvolveu a parceria é composta por Elisângela Teles Bandeira, Dilene Torres de Almeida, Luciene de Sousa Santana Barbosa, Denise Inácio Mota, Gilney Almeida dos Santos, Maricélia Conceição Paulino e Greicy Damas, além de Edina de Moura Sobrinho, diretora e Glellia Santos Ribeiro Rosimeire Teodoro de Brito, coordenadoras da escola.

Professora Maricélia Paulino e a aluna Kauanne Moreira da Escola Municipal Zeca de Faria, durante o Cortejo Gentileza, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

A professora Maricélia Paulino, responsável pelas turmas do 5º ano A e C destacou a capacitação da equipe do IPEARTES:

Quando se reúne uma equipe competente é quase certo que os frutos valerão a pena ser colhidos. Mas vocês superaram todas as expectativas e foram ainda mais longe que o previsto. Parabéns a todos! É um orgulho compartilhar os frutos que colhemos com o sócioemocional, a música, a dança, a arteterapia , o letramento e a revisão com profissionais tão capazes e dedicados. Competência e empenho são talvez das melhores palavras que descrevem cada um de vocês“.

A coordenadora Glellia reforça a importância da continuidade da parceria e de ações como essas para a construção do Bem Viver no município: 

Se continuarem trabalhando com esse profissionalismo, disposição e dedicação, é seguro que o futuro de todos será brilhante. Mais uma vez parabéns! E muito obrigado por tudo que aprendemos nesse período. Sabemos que hoje temos crianças mais alegres, que se respeitam, que sabem silenciar, respirar e ter uma postura diferente diante dos conflitos, que todos os dias enfrentamos em uma escola pública. Isso foi a presença do IPEARTES em nossa escola e em nossas vidas.”

Larha Gabriely Marques Frazão e Lyandra Krysllaine Moraes de Souza, alunas do 4º ano da Escola Municipal Zeca de Faria, durante o Cortejo Gentileza, em Alto Paraíso – Foto: Kayalú Mendonça

ACESSE AQUI A COMPLETA COMPLETA DE FOTOS, DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD NO FLICKR.

IPEARTES – Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte, Educação e Tecnologias Sustentáveis

O IPEARTES/SEDUCE tem como objetivo promover uma educação transformadora, fundamentada na arte-educação e tecnologias sustentáveis, buscando alcançar a formação do ser humano em sua plenitude. Para isso, busca ser referência em educação integral, de maneira a potencializar o desenvolvimento das pessoas, considerando as dimensões cognitiva, física, afetiva e seus processos socioculturais. 

O IPEARTES desenvolve ações educativas em toda a região da APA de Pouso Alto, que inclui as cidades de São João d’Aliança, Colinas do Sul, Cavalcante, Teresina de Goiás e Nova Roma e Alto Paraíso. O Instituto atua no Educandário Humberto de Campos, escola-piloto do projeto, localizada na Cidade da Fraternidade, e também no Centro de Vivências Crescer, Escola Zeca de Faria, Escola de Educação Infantil Francisquinho, CRAS, Centro de Convivência da Criança e do Adolescente, na Educação de Jovens e Adultos do Colégio Estadual Gerson de Faria, com extensões nas comunidades do Moinho e Sertão, além de atuar na ASJOR – Associação de Moradores da Vila de São Jorge, entre outros espaços educativos da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
Contraste