IPEARTES PARTICIPA DA “SEMANA DO CERRADO” EM ALTO PARAÍSO DE GOIÁS

O Coletivo de Educação Socioambiental e Sustentabilidade do IPEARTES/SEDUC, juntamente com diversas instituições públicas e privadas, realizaram de 09 a 12 de setembro a SEMANA DO CERRADO em Alto Paraíso de Goiás. Atividades ambientais, educativas e artísticas homenagearam o Dia Nacional do Cerrado, celebrado  na quarta-feira, dia 11 de setembro. A programação incluiu atividades na sede do IPEARTES, no CCCA – Centro de Convivência da Criança e do Adolescente, na Cachoeira dos Cristais, na Praça do Canaã, na Praça do Skate e na Casa de Cultura do Instituto Oca Brasil.

Laryssa Galantini, em fala durante o primeiro ciclo da Formação Continuada em Educação Ambiental do IPEARTES, na abertura da SEMANA DO CERRADO, dia 09 de setembro – Foto: Erasmo Alcântara

A abertura da SEMANA DO CERRADO aconteceu na segunda-feira, dia 09, na sede do IPEARTES, com o início da Formação Continuada em Educação Ambiental do IPEARTES, ministrada pelos educadores do Coletivo de Educação Socioambiental e Sustentabilidade, Laryssa Galantini e Welington Martins. Com a duração total de 20 horas, a formação é voltada para o Coletivo Educador do Instituto e acontecerá em ciclos quinzenais, até o fim do ano.

Ciclo de Formação Continuada em Educação Ambiental do IPEARTES, na abertura da SEMANA DO CERRADO, dia 09 de setembro – Foto: Erasmo Alcântara

Na terça-feira, dia 10, a programação da SEMANA DO CERRADO teve início com o Coletivo de Práticas Corporais e a equipe do CCCA – Centro de Convivência da Criança e do Adolescente de Alto Paraíso de Goiás, que realizaram atividades educativas na Cachoeira dos Cristais, no período da manhã e da tarde, permitindo o contato das crianças com a diversidade do Cerrado, um território infinito de variedades de texturas, cores e sons. 

Homenagem do BLOCO DO IPE na SEMANA DO CERRADO, dia 10 de setembro, na Praça do Canaã – Foto: Delcio Gonçalves

No final da tarde, o Coletivo de Arte Educação do IPEARTES, promoveu uma homenagem ao Cerrado com a apresentação do BLOCO DO IPE, na Praça do Canaã. Durante a noite, ambientalistas e educadores que atuam na região se reuniram na Praça do Skate e prestigiaram a dinâmica “Linha do Tempo – Retrospectiva da Gestão Socioambiental de Alto Paraíso“, facilitada por Mauro Soares, do Projeto Pato Mergulhão e da Câmara Temática de Gestão Sócio Ambiental (CT/GSA) e a Roda de Conversa sobre o “Fortalecimento dos projetos de Arte Educação e Educação Ambiental na Chapada dos Veadeiros“, realizada pelo IPEARTES/SEDUC e pela CT/GSA.

“Linha do Tempo – Retrospectiva da Gestão Socioambiental de Alto Paraíso“, facilitada por Mauro Soares, do Projeto Pato Mergulhão e da Câmara Temática de Gestão Sócio Ambiental (CT/GSA), dia 10 de setembro – Foto: Delcio Gonçalves

No Dia Nacional do Cerrado, dia 11 de setembro, aconteceu o lançamento da Exposição Cerrado Vivo, realizada por um coletivo de artistas residentes na Chapada dos Veadeiros, na Casa da Cultura do Instituto Oca Brasil. Integrando trabalhos em pintura, bordado e fotografia de 9 mulheres do Cerrado, a exposição busca promover a valorização deste bioma que nos abriga e está tão profundamente ameaçado. A exposição ficará em cartaz até o dia 28 de setembro, com produção cultural de Eliana Martins e Lidi Vilela e apoio do Instituto Oca Brasil e da Pousada Alfa e Ômega. Com os trabalhos de Ana Lívia Lombardi, Ivone Lyra, Gislaine Disconzi, Júlia Gonzales, Luci Mendes, Melissa Maurer e Sádala Ribeiro, ex-integrante da Residência MIDIALAB do IPEARTES. Além da exposição, acontecerão diversas oficinas com as artistas e convidados no mesmo local, de quinta a domingo, das 19h às 21 horas. Até dia 28 ocorrerão visitas guiadas de crianças e jovens que, além de visitarem a exposição, irão fazer atividades de Educação Ambiental, oferecidas pelo Coletivo de Educação Socioambiental do IPEARTES. 

Lançamento da Exposição Cerrado Vivo, dia 11 de setembro, na Casa da Cultura do Instituto Oca Brasil, em Alto Paraíso – Foto: Kaco Olimpio

O Coletivo de Arte Educação do IPEARTES promoveu uma oficina de Arte colagem com elementos da natureza para crianças entre 10 e 14 anos, ministrada pela arte educadora Fernanda Elias, na quinta-feira, dia 12, no CCCA. Fernanda Elias realizou a coleta dos materiais orgânicos utilizados para a fabricação dos cartazes e destacou a importância de celebrarmos essa data para a preservação do Cerrado, através do sentimento de pertencimento e integração das novas gerações: “o que se espera da oficina é um olhar mais sensível para a natureza, para o Cerrado, que é o ambiente onde elas vivem. Reforçando a percepção, surge a possibilidade de poder usar materiais naturais, aqueles a que se tem livre acesso, que estão aí o tempo todo em suas rotinas, e a utilização do meio ambiente em um processo artístico, autoral e integrado com a sua realidade”. 

Oficina de arte colagem com elementos da natureza com a arte educadora Fernanda Elias, no CCCA – Centro de Convivência da Criança e do Adolescente de Alto Paraíso – Foto: Delcio Gonçalves

O CINE IPE realizou uma programação especial, em homenagem à SEMANA DO CERRADO, encerrando a programação com a MOSTRA CINE CERRADO, na sede do Instituto. Foram exibidos curtas e animações infantis, com temática ambiental, escolhidos pela arte educadora Iaiá Flor, a partir do projeto Circuito Tela Verde, do Ministério do Meio Ambiente.

Oficina de arte colagem com elementos da natureza, no CCCA – Centro de Convivência da Criança e do Adolescente de Alto Paraíso, dia 12 de setembro – Foto: Delcio Gonçalves

Acesse a cobertura  completa de FOTOS  disponível para download AQUI.

IPEARTES – Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis

O IPEARTES, Instituto de Pesquisa, Ensino e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis, da Secretaria de Estado da Educação de Goiás – SEDUC/GOIÁS, atua na promoção de uma educação transformadora, fundamentada na arte-educação e tecnologias sustentáveis, estimulando o desenvolvimento do ser humano em sua plenitude. Para isso, busca ser referência em educação integral, de maneira a potencializar o desenvolvimento das pessoas, considerando as dimensões cognitiva, física, afetiva e seus processos socioculturais. 

O IPEARTES desenvolve ações educativas em toda a região da APA Pouso Alto, que inclui as cidades de Alto Paraíso de Goiás, São João d’Aliança, Colinas do Sul, Cavalcante, Teresina de Goiás e Nova Roma. Além das diversas atividades desenvolvidas em sua sede, o Instituto atua no Educandário Humberto de Campos, escola-piloto do projeto, localizada na Cidade da Fraternidade, e também no Centro de Vivências Crescer, Escola de Educação Infantil Francisquinho, CRAS, Centro de Convivência da Criança e do Adolescente, no Colégio Estadual Gerson de Faria, com extensões na comunidade do Moinho, além de colaborar com a ASJOR – Associação de Moradores da Vila de São Jorge, entre outros espaços educativos da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
Contraste