ZECA DE FARIA

A Escola Municipal Zeca de Faria oferece Ensino Fundamental, e tem seu funcionamento nos turnos matutino e vespertino. Atende 380 crianças, com atuação de 20 professores.

Em 1993, a escola situava-se numa casa bastante velha, na Praça do Bambu, e atendia 80 crianças de 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental. Na gestão do Prefeito Divaldo William Rinco, sob os esforços de Dona Romilda Rinco, então Secretária de Educação, foram levantados os recursos oriundos da DEMEC, instituição localizada em Goiânia. Assim, foram construídos 2 edifícios: a Casa da Vovó, que atende estudantes do 1º ao 2º ano, e um prédio maior, para atender alunos de 3º ao 5º ano. O Regimento da Escola foi aprovado pelo Conselho Estadual de Educação,  e nomeada uma nova diretora, a professora Aldecy. A fundação desses novos edifícios, localizados onde a Escola funciona até hoje, aconteceu no ano de 1994.

Ainda de acordo com o relato de Dona Romilda, “Zeca de Faria foi um grande patriarca de Alto Paraíso, sendo merecedora a homenagem que lhe foi prestada, dando seu nome à escola.”

OBJETIVO GERAL

Proporcionar, através da educação integral, o desenvolvimento de aprendizagens diversas, ampliando o repertório sobre a Arte, favorecendo a leitura e a produção textual, e estimulando o desenvolvimento socioemocional e de valores humanos na comunidade.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Promover a participação/envolvimento dos estudantes no desenvolvimento de atividades educacionais, artísticas e sociais;
  • Estimular a participação e o envolvimento das famílias no processo educativo;
  • Promover a interdisciplinaridade buscando uma construção coletiva que fortaleça a integração dos conhecimentos;
  • Desenvolver competências socioemocionais, identificando e estimulando dons, talentos e habilidades.

 

AÇÕES DESENVOLVIDAS

Ações Desenvolvidas Série/Turma

(Faixa etária)

Número de encontros Número de estudantes
Disciplinas: Arte-educação, Desenvolvimento Socio-emocional e Valores humanos, Arteterapia, Apoio Pedagógico Fundamental I e II

6 a 18 anos

536 197
Eventos* Fundamental I e II

6 a 18 anos

7 380
Total de Encontros (maio/outubro de 2018) 543
Total de estudantes atendidos 380

*participaram, além de estudantes, 20 professores da Escola e as famílias dos estudantes

 

RESULTADOS ALCANÇADOS

  • Diagnóstico realizado através de reuniões de planejamento/avaliação, encontros com os grupos e escutas individuais favorecendo identificar as vulnerabilidades e necessidades da comunidade escolar;
  • Aumento do nível de autoconfiança dos estudantes, que estão participando de apresentações artísticas, descobrindo novas habilidades: música, canto, dança, pintura, etc;
  • Ampliação do espaço pedagógico também para outros ambientes, como por exemplo a visita dos estudantes do apoio pedagógico e dos 5º anos à Casa da Cultura, apreciando exposições de Arte, e ainda, produzindo e expondo seus próprios desenhos de mandalas no estabelecimento;
  • Melhora do desempenho dos alunos através da redução das diferenças de aprendizagem apresentadas entre o grupo de alunos das aulas de apoio e o restante da turma;
  • Aprendizado na identificação do que é consoante e o que é vogal, por meio do trabalho de alfabetização, dança e música;
  • Diminuição do nível de violência nas relações entre os alunos, uma vez que conseguem se manter mais centrados e tranquilos, assim como colaborativos entre si;
  • A oferta de um ambiente harmonioso favoreceu o desenvolvimento dos alunos e de novos conceitos;
  • Identificação de maior concentração nas atividades, aumento da auto-estima e diminuição da ansiedade dos estudantes;
  • Maior  integração, colaboração mútua e organização da sala de aula;
  • Por meio do trabalho de arte-educação e arte-terapia, foi observado nas crianças mais estímulo para expressarem a criatividade e originalidade, conhecendo e valorizando as manifestações artísticas, e experimentando momentos de aprendizagem de forma mais lúdica e prazerosa, despertando o interesse e raciocínio.
Tamanho da fonte
Contraste